sábado, 30 de julho de 2011

Idade



Por que sempre algo tende a nos impedir de ser feliz?

Mesmo quando tudo parece perfeito e você sabe que aquele é seu momento, que é ali onde a felicidade te sorri, algo tem que arruinar seu momento.

Hoje é a idade, amanhã pode ser a cor da pele e depois quem sabe. O admirável mesmo, é que sempre existirá algo para te atrapalhar.

Não acredito em felicidade eterna, sei que as pessoas ficam felizes e que isso passa em algum momento, mas tem vezes que esses poucos momentos não chegam e o que podemos fazer em relação a isso?!

O dilema de hoje é: Idade. Por que ela tem que importar tanto assim?

Sei que uma pessoa de 15 anos apesar de ter uma mentalidade avançada, de saber conversar, de saber se portar às vezes fará coisas que uma pessoa de 23 não faria, porém pessoas são pessoas e uma sempre será diferente da outra, e no fim é essa a parte divertida da vida.

De que importa nove anos de diferença, de que importa se fossem três ou um. No que deveríamos dar valor não damos que é no sentimento e no que ele pode fazer conosco.

Se estamos felizes, nada importa, se não estamos fazendo mal algum há alguém, nada importa, se estamos aproveitando até onde a vida permitir, NADA IMPORTA!

Gostaria que a cor da pele não fosse relevante, adoraria se a classe social fosse apenas algo banal, e mais que tudo eu amaria se a idade fosse para os outros, o que é pra mim.

E como já citei algumas vezes em minha (sempre humilde) opinião, idade apenas nos declara em ano nascemos e não quantas vezes nos apaixonamos, quantas vezes caímos e quantas dessas vezes nos levantamos. O que importa é o que se viveu e não quanto tempo se viveu!

Fica a dica, minha idade não transparece meu coração nem o que aprendi até aqui, minha idade tampouco deixa transparecer o que eu sou e o que eu sinto aqui dentro de mim! 

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Ideias

I dai se eu mudei de ideia?

I dai se eu não quiser só isso e se eu quiser mais, bem mais?

Ontem não queria nada além do básico, com medo de nem isso conseguir. Mas hoje acordei diferente, quero mais, muito mais. Eu quero o mundo inteiro, eu quero conquistar o que acham ser impossível, pois tenho fé pra isso e tenho força de vontade para dar e vender.

Quero conhecer todos os lugares que me forem possíveis, vou aprender tudo o que meu cérebro permitir, e vou viver até onde a vida me levar.

Não pretendo fazer planos ou me concentrar em um caminho certo.

Quero ser surpreendida, por pessoas, por caminhos, a até pelo clima, não quero mais esse frio que mata, e sinto dentro de mim um calor que chama por vida, que pede por aventuras. E eu vou atender a esses pedidos, vou sair por ai sem direção e esperar o sol me guiar e quando a noite cair irei seguir a estrela mais brilhante e sei que assim chegarei a você.

Juntos iremos para o infinito, onde o sol nunca dorme, ele só descansa quando a lua pede para entrar em cena, onde só chove para que as plantas cresçam cada vez mais lindas, onde não haja guerra, onde tudo se resuma a amor onde só exista você, eu e os loucos que como nós querem um mundo de paz e harmonia..

Um lugar lindo, um lugar dos sonhos, onde nossos ideais façam a diferença, onde nossa palavra valha mais que dinheiro, onde nossas ideias tornem-se realidade.

Prepare-se coração, que eu estou pronta pro amor, estou pronta para a vida sem destino que eu escolhi e onde eu for levarei você!

I dai se eu acreditar no impossível e quiser tornar ele possível?

terça-feira, 26 de julho de 2011

Um puco da dor...

Estou só nesse quarto escuro,
Essa dor que não passa, esse frio que me mata
Não sei o que fazer.
Preciso me conter, me refazer.
O momento passou e dele só me restou a dor
Porém com ela eu não sei que fazer, a não ser sofer.
Me salva, me tira dessa escuridão,me faz esquecer que um dia amei você.
Não, não volte, senhor perfeito, eu não quero mais você,
Olha, nem sei o que pensar, digo coisas que sem sentido saem sem parar.
Oh, por favor, faça esse barulho parar, faça essa dor cessar, me esqueça
e me deixe esquecer você, senhor príncipe que apenas veio para me fazer
sofer!

Mudanças


Cheguei aqui pensando que tudo iria ser igual, férias, dormir, não fazer nada e quem sabe uma praia, uma piscina. E agora as vésperas de minha volta a São Paulo não consigo acreditar no quanto mudei em apenas duas semanas.

Conheci pessoas que lembrarei para o resto de minha vida, outras que espero fielmente ver de novo e reencontrei pessoas que são muito especiais pra mim.

Não quero que pareça dramático ou exagerado, mas cheguei à conclusão de que essa foi (sem dúvida) uma das melhores férias da minha vida, se não a melhor. E tudo isso graças a vocês pessoinhas especiais que tornaram isso possível.

Essas mudanças que sinto em mim, vieram tão naturalmente que só percebi agora, lembrando que será um mês inteiro sem ver vocês.

Graças a vocês aprendi que não preciso competir com ninguém, que mesmo sendo chata e estressada posso arrumar amigos e amores por essa estrada que venho percorrendo!

Então quero agradecer a vocês meus amores, meus amigos e até a vocês minhas irmãs, Rafaelle e Jessica que já conquistou um pedaço(enorme)dentro desse meu tolo coração.

Amo vocês!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Sentimentos

Não preciso de provas, nem de promessas, hoje só o que quero é sentir. E se sentir significa amar e sofrer te digo sem pensar sofrerei feliz.

Dizem sempre “Não se iluda” mesmo que isso seja contraditório, pois também falam “Sinta sem medo”. Se sentir é sofrer temos que passar por isso. Temos que amar, odiar, querer, sorrir, se alegrar e se decepcionar.

A vida baseia-se nisso;sentir. Desde a brisa que o vento nos trás até o amor platônico que nunca irá se realizar.

Não creio que seja questão de idade, conheço pessoas com 25, 30 que mesmo depois de tanto tempo ainda se iludem. E sei que elas são felizes assim, pois a vida é sentir e elas sentem, não tem medo de demonstrar o que pensam e é exatamente isso que as tornam especiais, pra mim e pra quem as conhece. Esse sentimento que elas carregam dentro do peito que as diferenciam.

No momento só quero viver, só quero sentir, e saber que esse sentimento está dentro de mim me faz bem, me faz acordar para o sol e para ver o brilho da vida.

Sou imatura sim, mas tenho certeza que os sentimentos que carrego são reais e não imaturos... E a única forma de amadurecer é essa, sentir e sentir tudo a nossa volta, o vento, o sol, o frio, a chuva, tudo o que chega até nós já passou por outros e trás a emoção de cada um, e quando você sente isso e coloca sentimento ele vai continuar seu rumo levando consigo um pouco você também.

Então no fim creio que me entender seja apenas isso, uma questão de sentir o que trago aqui comigo.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Expectativas




Por que nós seres humanos adoramos sofrer ao criar expectativas?

Por que mesmo ao saber que algo não dará certo tendemos á acreditar fielmente que aquilo pode dar certo, que não vamos sofrer mesmo quando o sofrimento espera na porta ao lado, na porta que iremos entrar?

Não entendo esse nosso gosto pelo sofrimento, esse prazer em se iludir, em saber que vai dar errado e mesmo assim gritar aos sete ventos FODA-SE?

Por que trocar o certo o seguro pelo duvidoso e frágil? Qual é a graça de cair e sofrer muito antes de levantar

Alguém me responda por que gostamos tanto de criar essa maldita expectativa!

Não quero me iludir, não quero sonhar se não puder realizar, não quero viver se for essa felicidade falsa que sei que vai passar!

Contudo, toda vez que eu juro a mim mesma que não vou criar expectativas aparece algo perfeito para eu me apaixonar, aparece o mundo perfeito que sempre sonhei encontrar. E a cada coisa perfeita uma nova expectativa e novamente uma decepção.

Então o que fazer com esse tolo coração que trago dentro do peito, o que faço com esses sentimentos que não param de se acumular em minha cabeça, o que eu faço com essas imagens que vivo a criar?

Não há resposta para nenhuma de minhas perguntas, pois como todos, sou humana e falha, e além de tudo consigo imaginar o inimaginável e assim consigo inventar e acreditar no impossível.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Noite

Tento contar meus segredos, e às vezes espero fielmente que as pessoas me entendam, que ainda sim me achem normal e simpática. Mas é como um tiro certeiro, cada vez que falo um pouco de minhas verdades, fogem de mim e fingem ser pessoas que não são. Nunca descobri se fazem isso por gostarem de mim e por mais que não me entendam não me desamparam ou se fingir torna mais fácil a convivência.
Quando percebo que ser verdadeira assusta, finjo, confesso. Porém ultimamente finjo tanto que só ao estar sozinha percebo a garota perfeita que criei e é exatamente por isso que a noite sempre foi meu horário favorito, pois na noite eu não preciso me esconder, na noite sou verdadeiramente eu, já que não há ninguém por perto eu vivo enquanto todos dormem, e mesmo quando só o que faço é dormir, me sinto livre e mais viva do que tudo.
Na noite me fortaleço me renovo, sonho e realmente acredito que tudo pode dar certo. No dia me escondo, sou o que querem, perco todos meus desejos, meus sentimentos, só o guardo é a esperança... A esperança de que a noite vai chegar e novamente serei eu, novamente sentirei algo, novamente VIVEREI.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Juramento



Eu jurei a mim mesma que isso nunca mais iria acontecer, jurei que nunca mais eu deixaria isso acontecer. E agora aqui estou pensando no que eu poderia ter dito, imaginando o que você está fazendo e se está pensando em mim como eu estou em você.

Eu jurei com sangue que nunca mais ia me apaixonar, claro que para alguém com 15 anos isso é meio estúpido de se fazer, pois desde o começo sabia que não daria certo. Porém não imaginei que fosse cair em uma armadilha do coração tão cedo, e tão profundamente... De novo!

Ontem após sua saída pensei tanto em você, tentei viajar pensar em algo mais promissor, porém é claro que meu coração bandido não me deixaria ter essa felicidade e a cada minuto que se passava você estava em minha mente sorrindo só para me atormentar.

Hoje pensei, será diferente, hoje cumprirei minha promessa, e não vou chamar, ah não, não irei me derreter como uma boba. E como já era esperado falhei. Todavia você estava diferente e eu pensei “talvez assim seja melhor”. Mas como sempre eu e meu tolo coração erramos, não foi fácil, pensei mil coisas, tais como: “ele não está mais afim”, e por isso mudei também, e decidi não te falar o que realmente queria. Resultado, você ficou bravo e eu estressada, até pensei em falar-te algo que pudesse mudar esse dia assombroso, não falei e você foi embora, mas eu fiquei e meu dia assombroso parecia muito mais feio, muito mais frio e desejei com todas as forças possíveis ter você ao meu lado.

Estou aqui e você ai, e não estamos nos falando e eu não sei como quebrar esse silêncio, e eu não sei como chegar perto de você... Não sei mais como te esquecer. Eu só sei, e só lembro como faço pra sofrer. ¬¬


Eu não ligo se a gente não dormir nada esta noite
Vamos apenas resolver isso tudo agora
Eu juro por Deus que vamos fazer isso certo
Se você abaixar suas armas..


quinta-feira, 14 de julho de 2011

A menina


Ultimamente sinto como se não pudesse mudar nada minha volta, como se o mundo tivesse sido pintado de uma cor tão escura e eu não pudesse enxergar nada além desse quarto frio e vazio, habitado apenas por essa menina frágil que não consegue ao menos se levantar.

Essa menina tenta, ela quer superar seu passado e seguir em frente, mas a cada curva na estrada ela se sente ainda como uma menina e isso a enlouquece, pois ela cresceu, no entanto seu coração ainda é frágil, ela ainda precisa de ajuda.

Ela sempre finge, ao ser questiona, mente... Diz estar tudo bem, quando em seu interior ela grita por ajuda, enquanto tudo o que ela realmente precisa é de alguém que não pergunte alguém que chegue e a abrace, alguém que a ame pelo que é e não pelo que finge ser, não pelo que quer ser.

Ontem no escuro da noite, ouvi-a chorar, ela conversava baixinho consigo mesma e por um momento pensei que ela estivesse orando, pedindo algo para Deus que ela parecia não ter. Foi então que seu choro ficou alto, que ela começou a gritar e de repente ela gritava comigo e dizia que eu havia deixado isso acontecer, que a culpa era minha, que eu não havia superado e todo seu sofrimento era meu também.

Nisso acordei e me senti sozinha novamente, eu percebi ao meio-dia que aquela menina era como eu, que ela só queria superar o que havia passado que ela queria não mais ter pesadelos, que às vezes ela não queria nem dormir para não sonhar.

Mas também notei algo, notei que a vida está passando e que sentar em um banco e chorar é fácil, que fingir estar bem é mais fácil ainda. Por isso hoje não mentirei nem para mim nem para ninguém, hoje mudarei o rumo e descobrirei quem sou. Hoje esquecerei a família e pensarei somente em mim. Hoje acharei meu príncipe e junto a ele fugirei para o infinito, mas se ele não quiser vim, fugirei mesmo assim, pois só o fato de ser quem sou já me fará feliz, só de saber que não fingirei nem chorarei sozinha, ah, só de saber que viverei outra vez já fico feliz, e já morreria para ter algo assim..

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Quem Sabe...



Quem sabe ainda haja esperança e assim possamos acreditar mais em Deus e em nós mesmo.
Quem sabe ainda haja autenticidade e talvez possamos parar de copiar e começar a criar.
Quem sabe ainda haja capacidade e dessa forma as pessoas parem de reclamar e comessem a praticar até acertar.
Quem sabe ainda haja amor e todo mundo vai poder sorrir e viver em um mundo melhor.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Se a vida é tão bela, o porquê de tanto sofrer?



Como descrever algo tão precioso como a vida?

Como dizer que é ruim ou que é boa, se o tempo de uma vida inteira não é o suficiente para saber ou conhecer tudo?

Hoje sei que apesar de a vida nos pregar boas peças e nos fazer sofrer ela é linda, e radiante, e por existir tanta beleza assim, às vezes não conseguimos ver direito, nossa visão é afetada por esse brilho intenso e assim só conseguimos ver parte desse encanto maravilhoso.

A vida seria tão mais fácil de parássemos pelo menos uma vez ao dia para olhar a nossa volta e perceber o amor em tudo que existe, se esquecêssemos por um minuto de todos os nossos problemas e percebêssemos que todos sofrem de alguma forma e se nosso problema é grande o do próximo também pode ser, se pensássemos um pouco não nas dificuldades e sim na perfeição da vida, dessa vida que as vezes parece impossível de se viver. 
Olhei a minha volta e só vi sofrimento, fechei os olhos e só vi amor, não bobeira  minha acreditar que o amor só exista em sonhos, mas  nos sonhos podemos chegar a um mundo que está preso dentro do armário  um mundo que só precisa ser convidado a entrar em nossas vidas, um mundo, uma vida que só depende de nós.

A vida é bela sim, mas às vezes não só pelo brilho intenso que enfraquece nossa visão, mas por nós mesmos, deixamos de enxergar essa beleza, para ver algo tão menos importante. Quem sabe se prestarmos mais atenção a coisas banais vejamos mais amor e autenticidade do que se apenas olharmos mil coisas ao mesmo tempo.

O amor está ai junto à beleza e a felicidade, não deixe sua vida passar sem vivê-la, pare um pouco e veja o que nunca viu antes, veja o mundo como ele quer ser, veja essa luz brilhante no fim do túnel. Ouça a vida te chamando e caminhe sem medo até ela.



 

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Tolo Coração


Coração tolo que só me faz sofrer será que sou louca em ainda ouvir você?

Eu estava bem, feliz e sem preocupações, mas ai veio você coração me incentivando a sofrer. Por que faz isso? Por que gosta de me ver chorar sem parar por que quer minha infelicidade? Diga-me agora antes que eu mate você.

Essa noite foi tão fria, dormi sozinha pensando em alguém que não pensa em mim, dormi sonhando com algo que não posso ter, e você devia estar sorrindo já que finalmente me derrubou depois de tanto tempo.

Já não bastou tudo que me fez passar antes disso, já não bastou tantos meses de reabilitação, sem amar, sem sorrir, sem viver, que agora que voltei com minha vida você vem e me faz sofrer.

O que é coração? Por que se volta contra mim, que tão bem cuido de você?

Coração bandido que gosta de sofrer, pense mais em mim do que em você, pois logo não terei mais lágrimas, logo não viverei se for para sofrer.

Me deito só essa noite, porém se for preciso não dormirei só para não ter que encontra-lo de novo e ao amanhecer eu não vou sofrer pois não encontrarei você!

Boa-noite coração e pare de fazer isso comigo se não fica o aviso, eu mato você!