quinta-feira, 7 de julho de 2011

Furacão



Existe um furação dentro de mim, não consigo fazê-lo me deixar, ele vem toda noite e me faz sonhar, não um sonho bom, mas um onde nenhum de nós consegue se salvar. Acordo chorando, suando, sofrendo e me dizem que foi só um sonho, mas como um sonho pode me machucar mais e mais à medida que ele se fortalece no meu ser, no meu medo infantil nos meus temores escondidos atrás de sete portas onde nem eu consigo alcançar.

Esse furacão me persegue e sei que um dia ele irá atrás de você, logo após que ele me derrotar logo após ele me fazer morrer. Não posso apenas reclamar, com ele aqui eu consigo pensar, e até saber o que devo fazer, mas ele só me permite isso, pois queima e me mata aos poucos. Tento me libertar, porém nunca consigo, eu não posso pensar nele, nem lutar contra ele eu só posso saber onde ele estar e me esconder, nas lembranças mais bonitas que eu tenho. Essas lembranças que permanecem aqui dentro de mim, porém é raro eu conseguir encontra-las esse furação ás esconde de mim, e me deixa apenas a insegurança de uma criança em um quarto escuro.

Olho atentamente a minha volta e nada vejo só aquela criança no escuro chorando sem parar, ouço o que ela tenta me dizer, e tarde demais percebo que aquela criança sou eu, no fundo, onde eu tento me esconder. Eu a vejo, eu a ouço, mas não consigo toca-la, não consigo fazer com que seu sofrimento pare. Eu grito e ninguém me ouve, então eu também começo a chorar, e antes que eu consiga calar o sol vem me acordar.

Não sei mais o que fazer com esse furacão, eu tento me esconder, mas como aquela criança no escuro ele sempre me acha e me faz sofrer.

Hoje no meio do sonho, algo diferente aconteceu, eu consegui me mover, e cheguei até a criança, ela me disse seu nome e mais uma vez percebi que ela era eu, uns anos atrás... Mas sem duvida eu. Perguntei por que ela chorava e ela me respondeu; porque sou você, e esse furacão está aqui há tanto tempo que eu não consigo me conter. Ela me disse seus medos, e só assim eu percebi que o furacão nada mais é do que verdade que eu nunca quis ver. Por isso eu o havia escondido, pois eu não queria saber. Mas hoje ele está aqui, e eu posso entender que ele só vai embora quando eu decidir realmente me entender.

Esta noite, não falarei comigo, mas procurarei pelo furacão e de uma vez por todas, o mandarei á você que também se esconde da verdade que só pensa em fazer os outros sofrerem. Por isso prepare-se porque depois dessa noite meu furacão irá atormentar você!

2 comentários:

  1. Gostei; muito bom mesmo!
    Espero que eu não seja o alvo desse seu 'HURRICANE', e que quando ele chegar até a pessoa descrita, realmente o faça acordar.
    Quem tem medo do novo e só quer viver do passado, nunca saberá como o futuro pode ser incrivelmente belo, ou no mínimo bem mais interessante.

    ResponderExcluir
  2. Lindo de mais bebe

    ResponderExcluir

Se gostou & estiver com vontade; comente.