quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Belo diia


O dia nasceu tão lindo, tão iluminado e me perguntei por que tudo está tão belo pra mim.

Olhei a minha volta, e por mais que eu quisesse nada me pareceu estranho ou feio. Tudo está reluzente da cor do sol.

Quem sabe, não seja você, quem sabe seja só meu coração feliz no meio desse caos, talvez meu mundo seja um espelho da minha alma, e com ou sem motivo, quando eu me sinto bem, tudo se torne mais bonito pra mim.

Pensei no que aconteceu ontem, se havia motivo certo para tanta alegria e notei que você é meu motivo, você é meu sol em meio à escuridão, mas compreendi que não só isso me fez assim. Hoje estou bem comigo, estou bem com a vida e com o mundo, porque eu decidi que a vida é bela, que ela sorri para todos, porém às vezes em meio aos problemas diários não notamos esse sorriso, e isso nos afeta, isso nos destrói.

Comigo não será mais assim, o amor destruiu barreias em mim, e agora não há quem me segure, felicidade é meu sobrenome e mesmo quando o dia for escuro, mesmo que não haja estrela para me guiar no meio da noite, eu irei irradiar todo esse amor, eu irei iluminar meu próprio ser, meu próprio caminho, e não desistirei jamais, não serei mais só mais uma, eu serei única e farei minha própria estrada.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Amando você



Fico sonhando com você, com o dia mais esperado, o dia em que vou te ver.

Você têm sido o sol e o calor que me aquece e ilumina, mesmo de longe, se faz presente ao anoitecer, pois não a noite que passe sem que eu sonhe com você.

Não quero abrir meus olhos, com eles abertos eu não te posso ver. Cansei de apenas sonhar, se pudesse estaria contigo ao entardecer e te veria ao alvorecer.

Mencionastes que é amor e duvidei do seu fervor, mas olhando para as estrelas e pensando no meu bem querer, posso te dizer “também estou amando você”.

E não importa o tempo que passe, hoje decidi que aconteça o que acontecer eu irei sim amar, sentir, tocar. Eu ainda vou estar com você e nesse dia tão feliz, seremos no meu mundo apenas eu e você.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

E se eu desistir?



O que você faria se eu apenas ficasse aqui e esperasse o tempo passar ?

Você ficaria aqui comigo?

Você iria me fazer caminhar?

Qual o dever de um príncipe quando sua donzela está prestes a desistir, quando nada faz sentido, quando o amor sozinho não mais é capaz de curar.

O que se pode fazer quando o escuro desabitado é o único lugar onde se quer estar?

Posso parar de sorrir? Posso parar de fingir? Posso chorar sem medo de quem irá escutar?

Preciso de respostas e sei, que aqui não as poderei encontrar. Então agora devo abrir minhas asas e voar, devo sair do ninho e sozinha começar a procurar, isso que tanto procuro, mas não sei onde está. Isso que ainda não sei o que é, mas sei que quando encontrar irei sem medo me libertar!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Aniversário



O que esperar de um dia como esse?

Devemos lembrar a todos que hoje é nosso dia e todos tem que nos parabenizar e com um olhar carinhoso desejar tudo de bom para nós?

Devemos esconder de todos e passar o dia com nossa tristeza ou felicidade por mais um ano vivido?

Devemos esperar que sem que lembremos todos saibam que hoje é nosso aniversário?

Devemos esperar que fizessem algo para que o dia se torne especial, ou pedir para que ele passe despercebido?

Não sei o que fazer hoje, não sei o que esperar. E ainda não decidi se o que sinto é alegria ou tristeza. Ainda não sei o que esse dia significa, ainda não consigo decifrar com quem gostaria de estar, ou se preferiria passar esse dia só. Eu e meus pensamentos, eu e as lembranças dos dias que acabaram, das horas que duraram, dos momentos eternizados.

No momento quero que o dia passe, e com ele essa incerteza sobre o que fazer. Amanhã tudo será normal de novo, a não ser pelo fato de que quando questionada direi ter 16 anos e não mais 15.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Escondendo de você


Te vejo e sinto meu mundo parar. Teu sorriso maroto tende a me paralisar e seu olhar sedutor sempre me faz pirar.

Estou apaixonada e este segredo não posso te contar.

É fácil esse amor que veio sem avisar, mas essa alegria que está no meu olhar eu tento ocultar, pois conheço o tipo e sei que vai esnobar.

Olho o pôr do sol e me pergunto onde você está, apenas te desejando ao meu lado, sou sua donzela em perigo que está pronta para desabar se você demorar.

Te amar fácil é, mas me pergunto quanto temos iremos aguentar nesse jogo em que logo vamos perder, nesse jogo onde tendemos a sofrer, se isso não der certo, se a gente não se ver.

Esse amor é engraçado, sem você me faz sofrer, porém esse sofrimento é outro segredo que estou escondendo de você, por que mesmo sozinha quando te lembro minha alegria volta a transparecer.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Para o príncipe



Eu sei que não adiantar ficar assim, não adianta chorar sem parar, isso não fará o tempo voltar, nem adiantar, isso não vai funcionar.

Você foi e é tudo o que eu sempre quis, mas o que posso fazer se você não me escolheu como eu escolhi você.

Palavras são lindas e as suas me fizeram sonhar, e acreditar que com você tudo eu poderia enfrentar.

Com você percebi que Contos de Fadas existem, e eu havia achado meu príncipe. Perfeito mesmo com seus defeitos, mas a noite acabou, os dias se passaram, agora aqui estou procurando você aonde quer que eu vá. Porém não posso te encontrar você foi um sonho e em nenhum momento me deu esperanças de que mais pudesse se tornar.

No tempo eu parei, eu juro que te esperei, mas até as princesas cansam, pois uma hora o filme tem que acabar. Ele acabou e você não voltou, nem se preocupou com a princesa, aquela que toda a vida com você sonhou.

Não me culpe, eu não queria que fosse assim, você é meu príncipe e eu não queria ver você sair, antes de um beijo me dar, antes do meu sonho se realizar.

Mas assim aconteceu, eu voltei a vida e você percebeu o tempo que perdeu. Eu também confesso, se pudesse faria diferente, iria te conhecer, faria do meu príncipe um ser real um ser com quem eu pudesse estar.

Tudo o que queria era a certeza desse amor. Sentir seu cheiro, beijar sua boca e por um dia somente ser sua e saber que você é meu. Digo-lhe com certeza que se soubesse que de fato era real, não o teria deixado, se soubesse que poderia se realizar eu teria aguentado o tempo que fosse, mas eu precisava saber que seria sua e que não importa o tempo que passe ainda pertenceríamos ao mesmo sonho.

Ilusão? Desilusão? O que será isso que criei dentro de mim?

O que será isso que me persegue noite e dia, isso que me faz sonhar e outrora não dormir?

Príncipe venha logo me buscar, ou então me deixe desse sonho acordar, pois sei que outro como você nunca mais irei achar.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Escrevo

Escrevo para dizer em textos o que minha voz não consegue falar.

Escrevo a emoção do momento, e se não há emoção represento a ausência dela.

Escrevo para que o que eu sinto seja visto de forma diferente e talvez assim seja melhor aceito.

Escrevo para todos e ao mesmo tempo para ninguém além de mim mesma.

Escrevo o que quero sem pensar no que irão dizer.

Escrevo aquilo que me é espontâneo, seja alegre, triste, complexo ou simples.

Escrevo para eternizar o momento e transmitir o sentimento.

Escrevo sobre tudo, mas quando me convêm, relado sobre o nada a minha volta.

Escrevo porque gosto.

Escrevo porque têm que ser escrito por alguém que ame isso!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Horas

Estou com saudade de você
Estou louca pra te ver
E a cada dia que passa
Percebo que estou me apaixonando por você. 

Te lembro e em um segundo
Te sinto aqui ao meu lado,
Assim sinto seu cheiro
Um vento frio chega a mim, e percebo que estou sozinha, 

Percebo que não estou com você.

Outro segundo se passa
E nesse breve momento vejo você
Vindo em minha direção, um sorriso largo no rosto,
Parece piração
Mas te sinto perto, você me toca e enlouqueço,
E assim me lembro que logo o sonho vai acabar,
Que eu vou acordar e ao te procurar
Não poderei te encontrar.

Mais uma noite se vai assim
E conto as horas pra te ver 
E conto as horas para estar com você!