sábado, 7 de janeiro de 2012

Perdida Por Um Dia..

Cheguei, e esse apartamento tão pequeno ficou grande aos meus olhos. Percorri tudo lentamente tentando me certificar de que aqui é meu lugar, realmente reconheci tudo a minha volta, menos a mim mesma. Olhei as fotos, as roupas, até as cortinas e era como se tivesse morado aqui em outros tempos, outra vida talvez, mas não agora, não antes de viajar.

Me senti confusa e fui ao meu quarto deitar, quem sabe depois de um bom sonho eu não me recordasse de tudo nesse mundo estranho onde havia acabado de chegar. Dormi e ao acordar nada havia mudado, desfiz as malas e olhei para tudo novamente, acendi um cigarro e me sentei tentando lembrar quanto tempo fazia desde que fiz aquela mesma coisa que fazia agora; fumava ali na beira do sofá. E o que me pareceram anos na verdade eram apenas dias, nada mais do que minhas férias.

Tentei fazer algo para sentir-me em casa, liguei o som e deitei no sofá, as horas não passavam e meu coração acelerava. Não consegui pensar em ninguém para ligar, e com o passar dos minutos senti-me vazia e sozinha. Comecei então a ler e assim viajei sozinha em meu pequeno universo, tantas letras me fazem flutuar.

Finalmente o tempo passou e quando achei que o dia nunca fosse acabar, você me ligou e tudo pareceu mudar, conforte-me e novamente me vi num lar. Num lugar meu e de onde ninguém podia me tirar. A sensação ruim passou e tudo ficou de novo em seu lugar. Com você é sempre assim, tudo se resolve antes mesmo do meu coração desacelerar. Conversamos por tempo suficiente para meu ânimo voltar e depois de conversamos eu fiquei melhor e sabia que estava onde deveria estar; em casa.. No meu cantinho, onde chamo de lar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se gostou & estiver com vontade; comente.