sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Amigas Pela Dor


Ela me disse: Mesmo amando-o não sei se vou superar, isso me machucou por dentro e nunca mais será a mesma coisa!
Chorando tentei consola-la, pois eu entendia seu sofrimento. De forma erronia lembrei a ela de que quem ama perdoa, e ela me jogou sem pensar na minha dor que quem ama não trai e não engana.
Choramos juntas eu e ela, pensando em nossos amores e nos lembrando do tempo bom em que nossa preocupação eram os amores platônicos, os Zac Efron’s e Nick Jonas de nossa infância.
Pensando sobre o que ela me disse, resolvi esquecer do mundo e assim eu e minha amiga fomos beber... Nada de mais, umas cervejinhas aqui, outros coquetéis ali e de repente não lembrávamos mais de nada.
Um cara se aproximou e com seu amigo nos chamou para dançar. Nós fomos e quando um beijo foi acontecer choramos juntas, pois por mais que nossos amores nos fizessem de lixo, traição era algo que não devíamos fazer... Voltamos para casa, era hora de encontra-los eu ia ao shopping e ela ao teatro.
Nos preparamos e lá estávamos Julia e juliana, duas amigas inseparáveis tentando entender os homens. Com o Paulo eu briguei, joguei em sua cara o que naquela semana horrível ele me fez passar, falei tudo o que descobri e mesmo com seu perdão, mesmo com meu amor, eu não pude continuar: peguei minhas coisas e pra casa fui chorar.
Julia chegou mais tarde, também havia terminado o que Fernando não pode começar... Ela me contou que ele chorou, se ajoelhou, prometeu o mundo e mesmo assim ela se foi. Choramos juntas outra vez e nos perguntamos o que mais um homem pode querer, já que amor, carinho, confiança e um corpo bonito ao seu lado não era o suficiente.
É claro que ninguém nos respondeu e é claro que eles voltaram a nos procurar, mas como no primeiro dia dissemos não, apesar de perdoa-los... Ainda estamos juntas, choramos às vezes e tentamos não nos lembrar deles... No final eles choraram mais que nós e quem sabe um dia ainda possamos encontrar amor verdadeiro em alguém que realmente queira se doar.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tempo perdido




Todos os dias quando acordo, meu primeiro pensamento é você. Posso ver seu sorriso ao me dizer ‘Bom Dia’ e assim me levanto feliz.
Todos os dias antes de dormir, meu último pensamento também é você, te sinto tão perto e te sopro um beijo de boa noite e assim mais uma noite,eu durmo feliz.
Porém hoje tudo está diferente, pois ao acordar só pude te imaginar com outra e isso logo cedo me fez chorar. O dia passou e tudo em mim era dor, me perguntei o por quê de sua atitude ridícula e a resposta infelizmente não pode comparecer.
Veja o sol dessa manhã tão cinza, mas me diga apenas à luz do luar, pois dessa forma se eu chorar você não irá reparar: Por que fizeste isto? Por que me magoar, se tudo o que eu fiz foi te amar e te querer, sem cobranças, sem medos...
Não se preocupe com a hora, pois temos muito tempo, temos todo o tempo do mundo e eu daqui não sairei até você me explicar, ou até eu finalmente desistir de você. Ainda não me decidi, o futuro hoje, meu amor, depende de você!
A tempestade que chega um dia vai passar, mas por hora apenas me abraça forte e me diz mais uma vez que estamos longe de tudo, pois logo terei que partir e talvez não haja tempo para um ‘adeus’.
Eu sei que o que vivemos não foi tempo perdido, afinal somos ainda tão jovens... Apenas saiba que eu te amei, e nunca mais dessa forma me entregarei. Porque para sempre você será meu príncipe, ainda que depois dessa noite eu não queira mais te ver.