quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Diário

                        
Sinto tanta falta de escrever, que até me doe dizer.
O problema é que a vida não para e o cansaço não descansa... 
Difícil mesmo é olhar pro lado e perceber que o que eu mais gosto, deixei de fazer.
Querido diário, desculpe a ausência... Prometo voltar aqui e escrever mais do que ando a escrever.

Pensei, escrevi

                        
Não tenho problema com seus amigos, com suas saídas ou com as mulheres pra quem você olha... Não tenho problemas com sua mãe ou sua família. Por que no meio de tudo isso eu também sou humana e me divirto também, eu também tenho família e já olhei para outro alguém.
Meu problema é seu stress, suas palavras rudes e seu jeito estranho de ser as vezes. Tudo que eu quero é ter liberdade para conversar com você, sem esse seu 'outro eu' aparecer e me derrubar. Te amo, mas dessa forma não não dá, cansei desse arame farpado em que vivo a andar.