terça-feira, 15 de novembro de 2016

Cinco anos de amor

Eu vivo todo dia 
Eu sonho com você
Eu corro pela praia
Eu espero pra te ver

Meu desejo é te encontrar
Meu coração é para te dar
Eu corro o mundo ao seu lado
Eu posso tudo quando você está

Não sei viver sem seu amor
Já superamos tanta dor
Seu abraço é como um laço
Que me prende em seu espaço

Cinco anos se passaram 
Tantas coisas que marcaram
Já conquistamos tanto também
Graças a Deus e à você meu bem

Por todo carinho e respeito
Por toda dedicação e cuidado
Eu venho te pedir por favor
Nunca me deixe meu amor!!


"Te amo meu lindo"


O desejo que enobrece meu coração

Resultado de imagem para menina pensando tumblr
Este sentimento que eu quero sentir, não vem do ouro e nem da prata, mas embala meu coração na mais bela canção. Sonhar com seu rosto me encanta e me faz querer correr. Correr o mundo, correr com tudo só para te encontrar e te fazer sonhar. Este desejo que enobrece o coração de qualquer mulher nos faz gritar, nos faz cantar, nos faz querer chorar... De amor, de saudade, de renovação. Depois de sentir isso o coração não é mais um só, ele se divide e uma nova vida começa a crescer. Tudo que almejo é poder te abraçar, mais que isso é poder multiplicar todo amor que tenho com o homem que me faz feliz todos os dias sem  me preocupar. 
Todo caminho até aqui valeu a pena e olha que você ainda nem pode chegar.Não sei o que houve conosco em outras vida, porém nessa eu sei que preciso te reencontrar. Sei que você está ai, contudo eu ainda não posso te buscar. Nossa hora está chegando, não se preocupe... 
Ser amado é também amar 
Te esperamos na beira do mar

sábado, 20 de agosto de 2016

Carta de uma sonhadora para o anjo que um dia de filho ela irá chamar...

Oh meu amor, não se apresse em nascer... eu te quero muito mas ainda não tenho tempo para você.
Não quero te deixar com ninguém por não poder te cuidar, serei sua mãe e preciso fazer de tudo pra melhor te recepcionar.
Eu quero-te pra mim, tenho muito amor em meu peito para te dar, mas não dessa forma, esperei tanto não posso no ultimo minuto me apressar e errar.
Eu e seu pai já te pensamos e queremos ter você em nosso lar. Nosso amor é tão grande que começa a transbordar e esse amor que escorre de nós está indo ao céu te alcançar, mas te peço por favor não corra a nos encontrar. Espere ao menos um aninho para em meu ventre você florescer e me alegrar.
Esperando um pouco prometo-lhe nunca lhe abandonar, serei a melhor mãe que puder desde que você me ouça e demore um pouco para chegar.


quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Meu caro soldado

Os dias se passam e olhar pela janela não me ajuda a te ver voltar. Penso nos dias que passamos enfrente ao mar. Tudo era tão bom e tão lindo, éramos inocentes amantes se beijando a luz do luar, mas agora sou apenas uma esposa aflita e apaixonada na espera de seu soldado mais forte, do soldado mais fiel.... O seu marido.
Escrevo cartas que não sei para onde enviar, porém nelas escrevo com minha alma e coração, nas espera de notícias eu ligo a televisão.
A guerra não acabou e parece que nunca irá terminar, tudo que posso fazer é sentar e chorar. Mas lembro-me de você de seu sorriso e me recuso a balançar. Você me pediu força, me pediu que te esperasse e nem que se passem mil anos eu desistirei de te amar.
Soldado amado volte pra mim! Volte para os sonhos que nós construímos eu já cansei de esperar. Volte para o bebê que eu nunca te disse esperar, mas que sete meses após sua viagem nasceu e se pôs a chorar.
Só ele me faz viver, só ele me faz aguentar! Na escuridão das noites frias apenas seu choro me consola e apenas sua presença me faz enfrentar os dias que vivo sem esperança de te encontrar.
Hoje ele completa um ano e nunca viu o pai, não sabe o quanto você é amoroso ou o quanto seu colo é macio e bom de estar.
A culpa não foi sua e nem minha, mas de quem será?
Eu imploro para Deus ao menos saber por onde você está. Envio essa carta ao vento para ver se ela, tão sorrateira e leve poderá te avistar. Leia minhas palavras com amor e saiba que estou aqui, eu e nosso filho estamos a te aguardar.
Eu sei que você voltará, você é minha luz e apenas por saber que poderei te ver é que ainda posso respirar.
Volte meu amor, e nunca mais saia daqui. Preciso de você. Precisamos de você e essa guerra há de acabar.
Te espero com amor, venha! Minha boca espera o beijo quente que apenas você pode proporcionar. O tempo escorre por meus dedos,  nada que eu faça vai adiantar, apenas rezo e peço, para que um dia as estrelas do céu me ouçam e possam me entregar o amor da vida, aquele que me fez perder o ar, enquanto riamos, enquanto dançávamos, enquanto nos amávamos sem em nada mais pensar.

Te amo! Te amo! Soldado, meu caro soldado, faça o favor de voltar para o meu lado!!!!!!!


quarta-feira, 25 de maio de 2016

Dica de Música/Vídeo

Música maravilhosa, estou a pensar em uma história para ela, já comecei agora falta só terminar de criar! Ahhh amo escrever! Logo logo sairá algo sobre o amor de uma moça e um soldado em tempos difíceis de guerra.


"O tempo escorre entre os dedos que unem nós dois,
  Na escuridão você era a luz que se foi.
  Nas cartas que eu guardei vou contar que te amei.
 
   Não foi culpa sua nem minha tinha que ser
   Cola tua boca na minha Amor!
   Não foi culpa sua nem minha tinha que ser
   Cala tua boca na minha Amor!"

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Poema: Amor, Adeus Amor!



Amor meu belo amor
Que triste solidão
Eu vivo aqui sem ti
Que roubou meu coração.
 

A tristeza é passageira
Não morrerei disso não
Ainda te encontro pela vida
E recupero meu coração.

Por enquanto vivo assim
Perdida na multidão
Enquanto ando te procuro
Por desejo e ilusão


Paro aqui não vou chorar
Não vou sofrer
Não vou falar
Só o que quero daqui por diante
É tentar me reencontrar.

Vou seguir vou andar
Vou viver e me encantar
Com tudo que ouvir,
Descobrir e admirar.

Obrigada pela dor
Aprendi com isso sim
Adeus, tchau e até jamais.
Ah, poema acaba aqui.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Nunca mais aquela dor

                                        
Era uma tarde quente de verão e antes que Maria Flor pudesse perceber Joaquim roubou-lhe um doce beijo de amor. O sol brilhava no rosto dos quatro jovens sentados alegremente em frente ao mar, o vinho branco que traziam consigo acabava rapidamente por entre os lábios rosados dos beijos trocados. 
Paula e Ricardo riam alto e o som do mar os fazia sentir-se livre naquela tarde, tudo deserto... uma imensidão de mar beijando a imensidão do céu e por toda a faixa de areia não se via ninguém.
Estavam livres de toda dor, apesar dos pedaços quebrados que traziam no coração, livres de todo terror e entregues à utopia de viver de amor.
Ah! aqueles jovens estavam confiantes e sonhadores com a fuga que executavam, saindo do inferno para chegar ao paraíso do destemor, onde ninguém os abandonaria, ninguém bateria neles ou desacreditaria quando contassem sobre o padrasto molestador. Ninguém para manda-los para longe, só por não suportar a dor de se parecer com alguém que se foi, mas já que um dia já se amou.
Não, no paraíso que se encontravam não existia tristeza ou corações partidos. Eles estavam entregues uns aos outros ligados pela dor.
O sol começou a se pôr e Joaquim chamou os amigos:
- Vamos! Está na hora de partir.
Os três se levantaram e entraram no Swift vermelho roubado do pai de Ricardo. Eles conseguiriam, iriam fugir... Nunca mais reformatórios! Nunca mais castigos cruéis, horas sem dormir e lágrimas penosas.
Maria Flor pensou que iria chorar, mas não chorou, não sentira nada além de alívio. Aquilo que estavam fazendo era o que sempre quis e planejou com seus amigos mais antigos, sua verdadeira família. Por isso disse:
- Lets Go!

Ligaram o carro e partiram rumo ao infinito, rumo aos sonhos ainda não vividos, sonhos inteiros e cheios de amor.